Notícias da CUT

Seminário da Campanha Salarial

Dia 03 de março de 2012 na Sede do SITICCAN

No próximo dia 3 de março o SITICCAN estará realizando mais um Seminário da Campanha Salarial, para, como de costume, sindicato e os trabalhadores elaborarem, de forma conjunta, a pauta de reivindicação que deverá ser entregue ao sindicato patronal, ainda no mês de março. A proposta é que, neste dia, analisemos a nossa atual convenção coletiva, buscando avanços e melhorias, mas de olho na manutenção de benefícios e direitos que historicamente conquista- mos, e dos quais não abrimos mão. Os trabalhadores da categoria já sabem que sua participação é fundamental. Por isso, é importante que se inscrevam até o dia 27 de fevereiro, com os nossos diretores na área, ou através dos telefones do SITICCAN: 3601-2520 e 3601-1111. Estamos preparando toda a infraestrutura necessária para receber os companheiros que, além do material de apoio como a camisa e o texto base do Seminário, terão transporte e alimentação, sendo que todo o debate será feito nas instalações confortáveis do nosso auditório, totalmente climatizado. O Dieese, órgão que realiza estudos econômicos, estará presente também no evento, para nos dar informações a respeito da atual conjuntura econômica, análise e possibilidades de recomposição salarial da nossa categoria.   Além de participar do debate, o trabalhador também poderá colocar suas idéias e propostas no papel, através das teses, para que sejam discutidas e, se aprovadas, serem incorporadas à nossa pauta de reivindicação, para ser negociada com os patrões. A tese, em nosso caso, deve ser digitada, em no mínimo uma folha, e no máximo cinco, onde o trabalhador, ou grupo de trabalhadores da categoria, devidamente identificados, apresente suas propostas. As teses devem ser encaminhadas ao SITICCAN até as 1 5:00 horas do dia 24 de fevereiro de2012. Então, mãos à obra. Lembre-se que a campanha salarial não se resume só a salários. Vamos estar discutindo toda uma proposta de pauta, que irá regular nossas condições de trabalho do ponto de vista da saúde, meio ambiente, social, profissionalização, dentre outras, para, depois, ser encaminhada aos patrões para iniciar as negociações da campanha salarial. Participem. Essa é a hora de, juntos, começar- mos a construir mais uma campanha salarial vitoriosa.

Comissão do Seminário

  • Cláudio Guedes
  • Edilson Almeida
  • Raimundo dos Santos

Benzeno: perigo para a saúde do trabalhador

O Departamento de Saúde do SITICCAN vai convidar o Departamento de Saúde do SINDIPETRO e de outros sindicatos, para discutir sobre o benzeno, produto assassinado que vem vitimando vários companheiros petroleiros. Participamos de várias reuniões na comissão de benzeno e denunciamos o não controle médico das pessoas que trabalham nesta área, que tem benzeno, e que não são feitos os controles nos trabalhadores que exercem atividades rotineiras e não rotineiras, mas os representantes da Petrobras afirmam que, na RLAM, onde tem o benzeno, está dentro dos padrões de tolerância, não necessitando a aplicabilidade das normas, e no acordo sobre este produto, representando os trabalhadores terceirizados, nunca foi aceita esta justificação. E a prova é que os companheiros petroleiro que trabalharam na área da U-30/RLAM, expostos a benzeno com percentual médio de 4%, com problema na medula e que vieram a ser aposentados por invalidez, inicialmente sem a emissão de CAT, e que tiveram que fazer transplante de medula e hoje vivem com restrições de locomoção e uma gama de outros problemas, e que, para terem os seus direitos assegurados, estão recorrendo à justiça. Já os companheiros das contratadas que adoecem, e não conseguem se aposentar, muito deles morrem sem saber o que têm, muitos deles trabalharam nesta unidade e, por não terem nem um tipo de controle, não conseguem elementos para conclusão de um nexo causal, e a Petrobras, com os seus iluminados, continua apresentando documento que não relata as condições reais, provocando danos a centenas ou milhares de trabalhadores e suas famílias, ao longo do tempo, apresentando prova irreal à justiça e conseguindo os seus objetivos, mesmo ceifando várias vidas e deixando filhos órfãos e mulheres sem esposo antecipadamente. Mesmo que a maioria não dê importância, a minoria tem que fazer o seu papel de gritar e. de denunciar. E, de quem é testa iniciativa? É dos cipistas e diretores do SITICCAN.

“Dona Produman”

Parece brincadeira, mas a chefia da Produman, em Taquipe, está agindo como senhores de engenho. Ditando o que quer e o que não quer. Não considera os companheiros, que são grandes colaboradores da empresa. Por conta disso, já houve casos até de agressão física, de denúncias de desafio, onde pessoa do departamento convidou funcionários para se enfrentarem. Olha só que beleza! A que ponto chegam certas empresas. Esperamos que a Produman respeite mais os companheiros e leiam mas a convenção coletiva.

GDK

O cacique da elétrica da GDK, no Porto de Aratu, esta aterrorizando os companheiros. Se este cacique tocador de violão não parar de prejudicar os trabalhadores, o SITICCAN tomará as medidas para acabar com a perseguição.

Potencial

Os vestiários da Potencial estão precisando urgentemente de manutenção. É preciso interditar os banheiros, pois os vasos sanitários estão soltos, pias quebradas e pisos escorregadios. Vai esperar acontecer um acidente, pra essa empresar tomar conhecimento?

Login

Cadastre-se e receba nossos informativos

Topo
--ddd--