Notícias da CUT

Montagem e Manutenção Fechado acordo - Quem Luta Conquista!

Mais uma vez, os companheiros da base do SITICCAN puxaram a fila das categorias que, através da sua combatividade e coragem conseguiram obter um reajuste acima da média geral, levando-se em consideração também o ganho real que este ano passou de 6%, o que totalizou um reajuste de 11%. Quem pôde de perto acompanhar todas as movimentações do SITICCAN, durante a Campanha Salarial, percebeu que não foi fácil. Além da pressão diária no trevo e nas demais áreas da nossa base, tivemos que enfrentar as manobras patronais que, de um lado ameaçavam os trabalhadores, obrigando a furar o movimento grevista, e, na mesa, tentavam nos vencer pelo cansaço. Mas, valeu a força da nossa mobilização. E mesmo assumindo o risco, decidimos, junto com a categoria, esperar a intermediação do Tribunal, antes do julgamento, e aí brilhou a nossa história de luta e a força das nossas lideranças, como Pelegrino, Loteba e outros companheiros que, no Tribunal, apesar do velho discurso dos patrões, que até a alimentação dada alegaram na audiência, conseguiram convencer não só parte do patronato, mas a Desembargadora e o Ministério Público, de que nossa reivindicação, além de justa, era, sim, viável, diante do importante papel que temos no setor produtivo nacional.

E, após um grande momento de tensão, os mais de 100 trabalhadores que estavam presentes na audiência, representando a categoria da montagem e manutenção, concordaram com a proposta de conciliação apresentada, que previa um reajuste de 11%, a cesta básica passou para R$250,00, um incremento de quase 50%, abono de metade dos dias parados, além da manutenção das conquistas da nossa convenção como folga, horas extras a 50, 80 e 150%, adicional noturno de 40%, e melhorias significativas em várias cláusulas, como a mudança na forma de cálculos do BAD, para apurar a PLR, plano de saúde para todas as áreas, entre outros.

Além da união, coragem e disposição dos nossos trabalhadores, a direção do SITICCAN também demonstrou a responsabilidade e o respeito para com a categoria, conduzindo de forma incansável nossos trabalhadores e trabalhadoras para mais esta vitória. Agradecemos a todos que contribuíram de forma direta para essa conquista, como a comissão de negociação formada pelos diretores Lázaro, Loteba, Cláudio Guedes, Edilson, Gonçalo, Raimundo, Tio Né, Miguel, e os diretores Bonifácio, Epitácio, Heide, Venâncio, Cláudio Redução, Cidclei, Nilo, Marivaldo, Edmilson, Zé Francisco, Mathô, Edvaldo, Adelson, Ico e Marcelino, além dos companheiros Nelson Pelegrino, Marivalda, Moisés Rocha e Jamilson. Nesta campanha salarial ficou a certeza de que, mais do que nunca, quem luta, conquista. Valeu, companheiros e companheiras!

NOVAS CONQUISTAS

  1. Reajuste de 11% - sendo 10,5% a partir de maio de 2012, e 0,5% em agosto de 2012;
  2. Plano de Saúde para os titulares na área onde não era concedido;
  3. O trabalhador não precisará retornar ao trabalho no dia da realização do exame;
  4. A cesta básica passou para R$250,00 – aumento de quase 50%;
  5. Discussão em torno do reenquadramento salarial de várias funções da montagem e manutenção, dentro do prazo de 90 dias;
  6. O BAD não mais será aplicado para definir valor da PL.

MANUTENÇÃO DOS BENEFÍCIOS

• PLR

• Adicional Noturno 40%

• Horas Extras 50%, 80% e 150%

• Folga do pagamento

• DSR e média de horas extras

 

VEJA AS TABELAS DE PISOS SALARIAIS DA BASE SITICCAN 2012

TABELA DE PISOS SALARIAIS DA BASE SITICCAN 2012 (Área Industrial)

TABELA DE PISOS SALARIAIS DA BASE SITICCAN 2012 (Construção civil)

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Login

Cadastre-se e receba nossos informativos

Topo
--ddd--